A primeira edição de Beedle o Bardo, edição de colecionador e lançado de forma exclusiva e em quantidade limitada.

Em dezembro de 2007, J.K. Rowling lançou Os Contos de Beedle, o Bardo, um livro muito especial com cinco contos de fadas ilustrados pelo próprio bardo, decorado com ornamentos de prata e pedras-da-lua. 

Com o lançamento da edição de Os Contos de Beedle, o Bardo (em 4 de dezembro de 2008), J.K. Rowling deu a milhões de fãs do Harry Potter no mundo inteiro motivo para comemorar.

A Varinha tem muitíssima satisfação em oferecer a Edição de Colecionador, um pacote de luxo criado especialmente para trazer de volta o espírito da edição artesanal original.

Em uma caixa especial, com a aparência de um livro de magia da biblioteca de Hogwarts, a Edição de Colecionador inclui uma reprodução exclusiva da introdução manuscrita de J.K. Rowling, além de dez ilustrações adicionais.

Dentro da caixa, há uma bolsa de veludo bordada com a assinatura de J.K. Rowling, e dentro dela o mais importante: o seu próprio exemplar de Os Contos de Beedle, o Bardo, decorado com uma caveira, cantoneiras e fecho em metal prateado, além de réplicas de pedras preciosas e uma fita verde-esmeralda.

Com a inteligência e imaginação que a multidão de leitores de Rowling já conhece – e com a sabedoria de Esopo e, ocasionalmente, o tom tenebroso dos Irmãos Grimm – cada um dos cinco contos revela uma lição proveitosa tanto para as crianças como para os adultos: a força transmitida por uma amizade dedicada, a capacidade redentora do amor, e a verdadeira magia que existe no coração de cada um de nós. A nova introdução de Rowling também fala sobre as lições pessoais que ela própria tirou dos Contos, e ressalta que os personagens da coleção de Beedle "assumem controle do próprio destino, em vez de caírem em um sono encantado por muitos anos ou esperar que alguém venha devolver um pé de sapato perdido", e "a magia resolve alguns problemas, mas também causa outros".

Mas o que há de mais valioso nesta edição são os comentários detalhados e inspiradores (incluindo extensas notas de rodapé!) do Professor Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore, escritas do ponto de vista singular de um mago. As reflexões desse venerado mago sobre os Contos, descobertas "entre a papelada que Dumbledore deixou em seu testamento para os Arquivos de Hogwarts", dão aos leitores de hoje o contexto da sociedade comum humana no século XVI. Ele até reconhece que "Beedle estava mesmo um pouco fora de sincronia com a sua época, pregando uma mensagem de amor fraterno para as pessoas comuns (os "trouxas", na tradução) durante uma era de caça às bruxas que, em última instância, levou a comunidade de magos e bruxas a se exilar. Na verdade, versões diferentes das mesmas histórias contadas nas casas dos magos chocariam muita gente, pela intolerância com que tratam os personagens "trouxas".

O professor Dumbledore também apresenta um relato histórico fascinante, inclusive com trechos sobre a história e a busca das varinhas de condão, um breve comentário sobre as Artes das Trevas e seus praticantes, e da luta contra a censura, que acabou levando "uma certa Beatrix Bloxam" a "limpar" os Contos e eliminar "a maioria dos temas mais tenebrosos que ela julgava serem de mau gosto" – o que mudou para sempre o significado das histórias para as pessoas comuns (os "trouxas"). Dumbledore também nos dá uma noção de seu relacionamento pessoal com os Contos, observando que foi por meio de "Babbity, a coelha, e o toco que cacarejava" que "muitos de nós (magos e bruxas) descobrimos pela primeira vez que a magia não é capaz de devolver a vida".


Um complemento maravilhoso e cheio de sabedoria à saga de Harry Potter, esta nova tradução de Os Contos de Beedle, o Bardo, traz tudo o que os fãs poderiam esperar, e muito mais, e é um volume essencial para as bibliotecas de pessoas comuns, magos e bruxas, jovens ou idosos.

A Edição de Colecionador contém:

Cinco contos de fadas da edição original de Os Contos de Beedle, o Bardo

Caixa externa com a aparência de livro de magia da biblioteca de Hogwarts

Reprodução exclusiva do manuscrito da introdução de J.K. Rowling

Dez novas ilustrações de J.K. Rowling, não incluídas na Edição Standard nem na edição artesanal original

Bolsa de veludo com a assinatura bordada de J.K. Rowling

Caveira, cantoneiras e fecho de metal,

Réplica de pedras preciosas

Fita verde-esmeralda.

Primeira Edição de Os Contos de Beedle o Bardo Edição de Colecionador - 2008

R$8.975,00 R$5.999,00
Frete grátis
Primeira Edição de Os Contos de Beedle o Bardo Edição de Colecionador - 2008 R$5.999,00

A primeira edição de Beedle o Bardo, edição de colecionador e lançado de forma exclusiva e em quantidade limitada.

Em dezembro de 2007, J.K. Rowling lançou Os Contos de Beedle, o Bardo, um livro muito especial com cinco contos de fadas ilustrados pelo próprio bardo, decorado com ornamentos de prata e pedras-da-lua. 

Com o lançamento da edição de Os Contos de Beedle, o Bardo (em 4 de dezembro de 2008), J.K. Rowling deu a milhões de fãs do Harry Potter no mundo inteiro motivo para comemorar.

A Varinha tem muitíssima satisfação em oferecer a Edição de Colecionador, um pacote de luxo criado especialmente para trazer de volta o espírito da edição artesanal original.

Em uma caixa especial, com a aparência de um livro de magia da biblioteca de Hogwarts, a Edição de Colecionador inclui uma reprodução exclusiva da introdução manuscrita de J.K. Rowling, além de dez ilustrações adicionais.

Dentro da caixa, há uma bolsa de veludo bordada com a assinatura de J.K. Rowling, e dentro dela o mais importante: o seu próprio exemplar de Os Contos de Beedle, o Bardo, decorado com uma caveira, cantoneiras e fecho em metal prateado, além de réplicas de pedras preciosas e uma fita verde-esmeralda.

Com a inteligência e imaginação que a multidão de leitores de Rowling já conhece – e com a sabedoria de Esopo e, ocasionalmente, o tom tenebroso dos Irmãos Grimm – cada um dos cinco contos revela uma lição proveitosa tanto para as crianças como para os adultos: a força transmitida por uma amizade dedicada, a capacidade redentora do amor, e a verdadeira magia que existe no coração de cada um de nós. A nova introdução de Rowling também fala sobre as lições pessoais que ela própria tirou dos Contos, e ressalta que os personagens da coleção de Beedle "assumem controle do próprio destino, em vez de caírem em um sono encantado por muitos anos ou esperar que alguém venha devolver um pé de sapato perdido", e "a magia resolve alguns problemas, mas também causa outros".

Mas o que há de mais valioso nesta edição são os comentários detalhados e inspiradores (incluindo extensas notas de rodapé!) do Professor Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore, escritas do ponto de vista singular de um mago. As reflexões desse venerado mago sobre os Contos, descobertas "entre a papelada que Dumbledore deixou em seu testamento para os Arquivos de Hogwarts", dão aos leitores de hoje o contexto da sociedade comum humana no século XVI. Ele até reconhece que "Beedle estava mesmo um pouco fora de sincronia com a sua época, pregando uma mensagem de amor fraterno para as pessoas comuns (os "trouxas", na tradução) durante uma era de caça às bruxas que, em última instância, levou a comunidade de magos e bruxas a se exilar. Na verdade, versões diferentes das mesmas histórias contadas nas casas dos magos chocariam muita gente, pela intolerância com que tratam os personagens "trouxas".

O professor Dumbledore também apresenta um relato histórico fascinante, inclusive com trechos sobre a história e a busca das varinhas de condão, um breve comentário sobre as Artes das Trevas e seus praticantes, e da luta contra a censura, que acabou levando "uma certa Beatrix Bloxam" a "limpar" os Contos e eliminar "a maioria dos temas mais tenebrosos que ela julgava serem de mau gosto" – o que mudou para sempre o significado das histórias para as pessoas comuns (os "trouxas"). Dumbledore também nos dá uma noção de seu relacionamento pessoal com os Contos, observando que foi por meio de "Babbity, a coelha, e o toco que cacarejava" que "muitos de nós (magos e bruxas) descobrimos pela primeira vez que a magia não é capaz de devolver a vida".


Um complemento maravilhoso e cheio de sabedoria à saga de Harry Potter, esta nova tradução de Os Contos de Beedle, o Bardo, traz tudo o que os fãs poderiam esperar, e muito mais, e é um volume essencial para as bibliotecas de pessoas comuns, magos e bruxas, jovens ou idosos.

A Edição de Colecionador contém:

Cinco contos de fadas da edição original de Os Contos de Beedle, o Bardo

Caixa externa com a aparência de livro de magia da biblioteca de Hogwarts

Reprodução exclusiva do manuscrito da introdução de J.K. Rowling

Dez novas ilustrações de J.K. Rowling, não incluídas na Edição Standard nem na edição artesanal original

Bolsa de veludo com a assinatura bordada de J.K. Rowling

Caveira, cantoneiras e fecho de metal,

Réplica de pedras preciosas

Fita verde-esmeralda.